quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Trindade - Paraty - RJ

Aproveitando um pouco o feriado do servidor público para curtir um dos lugares que visitei muito no passado. Ao chegar lá, depois de aproximadamente 15 anos, eis que me deparo com uma Vila de Trindade populosa, com muito mais infra estrutura, casas, pousadas e muito comércio. Apesar de ser Área de Proteção Ambiental do Cairuçu e pertencer ao Parque Nacional da Serra da Bocaina, o lugar (fantástico), ainda continua sendo a melhor opção para quem curte um ambiente alternativo e calmo. Vale a pena!
Chegada a noite e uma bela caipirinha para brindar as boas vindas
E já que estava com o apetite aguçado, por que não, um camarão do Picinguaba?
E a Lua apareceu para clarear mais o céu
Quando fui dar conta, lá estava eu numa balada
E já que estava numa balada em Trindade, não teria como faltar a famosa "Gabriela", que em fração de algumas poucas horas me fez enxergar tudo com outros olhos.
A tal da "Gabriela" (um preparo artesanal de cachaça com cravo e canela) me fez captar fotos, das quais, no outro dia me fez perguntar o porque de algumas imagens.
Passado a bebedeira, já no outro dia, os pássaros acordaram-nos e pudemos então, contemplar as belezas da natureza. Na imagem um "Coleirinha" (Sporophila Caerulescens).
Casas de Ouriços
Praia do Meio
Arte no Meio
Onda de 2 metros da Praia do Cepilho
Fim de tarde na Praia de Fora
Praia dos Ranchos = Baladas
Os ônibus chegavam lotados de paulistas, mineiros e cariocas, misturados
A noite
E a lâmpada parecia o sol a noite (momento em que percebi que deveria ir pra pousada e dormir).
Depois de outra noite, já em Itamambuca - Ubatuba - SP, o antidoto que faz a diferença para uma ressaca monstra, SUCO DE MELANCIA.
Filé de Badejo, acompanhado de brócolis, cenoura cozida e batata é a sugestão do famoso restaurante CONCHA DO MAR  em Itamambuca.
O Palmito Pupunha assado na brasa e servido em folha de bananeira é de dar água na boca.