quarta-feira, 27 de maio de 2009

Luto

Entendo que o cantor e compositor Roberto Carlos, em sua fase romântica no início dos anos 70, não foi feliz ao gravar o grande sucesso: "Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos". Fato é, que, como todos podem ver acima, a demonstração de ousadia de um desses moluscos gastrópodes ultrapassa os limites da inteligência do reino animal. Esses "caracóis terrestres" além de infestar os jardins e invadir as casas, se multiplicam em milhares em fração de dias. Esse da foto, estava à beira de um cinzeiro, bem tranquilo e tomando água. Parece brincadeira, mas ele ficou nessa posição por mais de meia hora, até chegar um arrogante executivo, que propositalmente bateu a bita do cigarro bem na cabeça do inocente caracol. Com queimaduras de terceiro grau, acabou não resistindo as queimaduras e veio a óbito ainda na tarde de ontem. Inteiramente carbonizado, nem precisou ser enterrado, pois o caracol foi funebremente cremado por um cigarro. Adeus Caracol!